Cimeira

Merkel diz que União Europeia está numa "situação crítica"

Merkel diz que União Europeia está numa "situação crítica"

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse, esta sexta-feira, que a União Europeia está numa "situação crítica".

"Estamos numa situação crítica. Temos de mostrar, através das nossas ações, que podemos fazer melhor", disse Angela Merkel aos jornalistas, à chegada a Bratislava, para participar numa cimeira que vai debater o desenho da Europa após a saída do Reino Unido.

PUB

A chanceler alemã apontou especificamente as áreas da segurança, o crescimento económico, o mercado laboral e as esperanças e possibilidades para os mais jovens na Europa. E considerou importante a proteção das fronteiras da União Europeia e novas soluções para a crise dos refugiados do Médio Oriente que procuram o continente europeu como refúgio. "Queremos alcançar progressos concretos", frisou.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, apelou à unidade dos líderes europeus, pedindo-lhes que "suavizem as diferenças" que os separam, para que a União Europeia (UE) "funcione".

"Precisamos de unidade para demonstrar que a Europa funciona", acrescentou Juncker, sublinhando que o projeto europeu atravessa uma "crise existencial"

Em declarações também à entrada para a cimeira, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, optou por minimizar a questão da "unidade" que encima as preocupações do seu colega da Comissão, considerando que "as diferenças entre os Estados-membros europeus são muito mais fáceis [de superar] do que se pensa".

Já o presidente francês disse que a França "faz um esforço principal para a defesa europeia" mas "não pode estar sozinha" nesse caminho. "A França faz um esforço principal para a defesa europeia, mas não pode estar só, nem quer estar só", sublinhou François Hollande, que insistiu que a Europa "deve ser capaz de se defender a si própria".

Os chefes de Estado e de Governo de 27 Estados-membros da União Europeia (UE), entre os quais o primeiro-ministro, António Costa, mas não a britânica Theresa May, reúnem-se esta sexta-feira, em Bratislava, para discutir o futuro da União.

Numa cimeira informal marcada para a capital da Eslováquia na sequência da saída do Reino Unido da UE, decidida pelos britânicos em referendo, os líderes europeus propõem-se iniciar "um processo de reflexão" sobre o futuro da União.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG