Mundo

Merkel, Obama e Putin querem solução política para saída da crise ucraniana

Merkel, Obama e Putin querem solução política para saída da crise ucraniana

A chanceler alemã e os presidente dos Estados Unidos e da Rússia consideraram, esta quinta-feira, necessário "encontrar o mais rapidamente possível uma solução política para a crise na Ucrânia", anunciou esta quinta-feira o Governo da Alemanha.

"A chanceler e os presidentes estão de acordo ao dizer que é preciso encontrar uma solução política o mais rapidamente possível e que o banho de sangue deve cessar", indicou Berlim num comunicado divulgado após conversas telefónicas entre Angela Merkel, Barack Obama e Vladimir Putin.

De acordo com a nota, a chanceler informou Obama e Putin sobre a missão dos ministros alemão, francês e polaco, que estão em Kiev a negociar com o Presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, um "plano" para uma saída pacífica da crise.

Após uma reunião com os ministros da União Europeia, Vitali Klitschko, um dos líderes da oposição na Ucrânia, disse que ainda não foi alcançado um acordo para a saída da crise no país, apesar de algumas cedências feitas pelo Presidente.

Após várias semanas de calma, Kiev voltou, desde terça-feira, a ser palco de violentos confrontos entre ativistas antigovernamentais e forças de segurança, que já provocaram cerca de uma centena de mortos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG