Polémica

Ministro das Finanças japonês põe em causa que tabaco provoque cancro

Ministro das Finanças japonês põe em causa que tabaco provoque cancro

O ministro das Finanças e vice-primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, questiona se fumar provoca cancro do pulmão, numa altura em que o país pondera reforçar as normas antitabaco.

"Aumentou o número de pacientes com cancro do pulmão, sem dúvida alguma. Mas pergunto-me se isto tem alguma relação com o tabaco, porque o número de fumadores está a diminuir", disse Aso na terça-feira na sua intervenção no comité das finanças da Câmara Baixa do parlamento, noticia hoje o diário Asahi.

Aso pediu que se permita fumar cigarros eletrónicos nas sessões parlamentares, algo que considera "poder ajudar a acalmar os nervos e a reduzir um pouco os debates acalorados".

Aso, de 76 anos e responsável pela estratégia de crescimento económico conhecida como "Abenomics" (que deriva do nome do primeiro-ministro Shinzo Abe), é fumador e protagonizou inúmeras polémicas devido aos seus comentários pejorativos sobre idosos ou desempregados, ou sobre a superioridade da etnia e cultura japonesas.

O Governo nipónico estuda a aprovação de novas medidas para reforçar as normas antitabaco, tendo já sido defendida a proibição de cigarros em todos os estabelecimentos públicos.

O Japão é um dos países desenvolvidos mais permissivos com o tabaco, sendo permitido fumar em bares e restaurantes sem nenhum tipo de separação para os não fumadores, apesar de ser proibido fazê-lo na rua.