Espanha

Morreram mais de 1100 idosos com Covid-19 em lares da Catalunha

Morreram mais de 1100 idosos com Covid-19 em lares da Catalunha

Um total de 1123 idosos que viviam em residências para a terceira idade morreram na Catalunha desde 15 de março devido ao coronavírus e 53,2% desses centros têm residentes infetados com a Covid-19 ou com sintomas compatíveis.

Segundo dados do Departamento do Trabalho, Assuntos Sociais e Famílias do Governo regional, os 1123 idosos que morreram representam mais de 10% dos 10979 utentes de lares de idosos que perderam a vida no ano passado na comunidade autónoma da Catalunha.

Existem atualmente 1906 pessoas diagnosticadas com coronavírus entre os residentes de lares de idosos públicos e privados na Catalunha.

Estas pessoas estão isoladas das restantes e o seu tratamento segue os protocolos estabelecidos pelo Departamento de Saúde regional, havendo ainda 448 residentes que estão hospitalizados, de acordo com o executivo catalão.

A Catalunha tem 64093 pessoas a viver em 1073 residências para a terceira idade.

Em 239 dessas residências, 22,2% do total, foram diagnosticadas pessoas com coronavírus e em outras 335 (31%) há residentes com sintomas.

PUB

Quanto aos profissionais destes centros, 4191 estão isolados ou apresentam sintomas, num total de mais de 75 mil.

No ano passado, 10979 pessoas morreram em lares na Catalunha, e em 2018 um total de 11.402, o que significa uma média mensal de mais de 900 mortes.

Segundo a Generalitat (Governo regional), a idade média dos residentes nesses lares é de 84 anos, a maioria deles dependentes ou altamente dependentes, e 90% deles tinham patologias prévias.

A Catalunha é, depois de Madrid, a região espanhola mais atingida pela pandemia da Covid-19, com 28323 infetados e 2908 mortos.

Outras Notícias