Marrocos

Morreu no aeroporto de Casablanca com 76 cápsulas de cocaína no organismo

Morreu no aeroporto de Casablanca com 76 cápsulas de cocaína no organismo

Um homem nigeriano que transportava 76 cápsulas de cocaína no intestino morreu, esta segunda-feira, na zona de trânsito do aeroporto de Casablanca, em Marrocos, anunciaram fontes do aeroporto.

O homem, de 47 anos, encontrava-se em trânsito entre o Qatar e o Benin quando desmaiou e acabou por morrer na sala de embarque, referiram as fontes citadas pela MAP, que adiantaram que as cápsulas de cocaína foram descobertas ao ser feita uma autópsia.

De acordo com as mesmas fontes, o nigeriano terá sido vítima de uma "intoxicação aguda" provocada por uma "overdose" resultante da rutura de algumas das cápsulas de cocaína.