EUA

Morreu o homem que criou o Big Mac

Morreu o homem que criou o Big Mac

O homem que criou o hambúrguer Big Mac, da cadeia de "fast-food" McDonald's, faleceu aos 98 anos, nos Estados Unidos da América.

Michael Delligatti, o homem que inventou o hambúrguer Big Mac há quase meio século, faleceu na última segunda-feira, aos 98 anos, em Pittsburgh, na Pensilvânia, nos Estados Unidos. Kerry Ford, porta-voz da McDonald's, confirmou que Michael "Jim" Delligatti morreu em casa, cercado pela família.

A cadeia de "fast-food" prestou uma homenagem a Delligatti, no Twitter.

O empresário abriu o seu primeiro estabelecimento McDonald's em 1957. Delligatti era dono de um restaurante da cadeia de "fast-food", em Uniontown, na Pensilvânia, quando, em 1967, criou o famoso hambúrguer que é composto por duas porções de carne, "molho especial", alface, queijo, pickles, cebola e pão com sementes de sésamo.

O Big Mac teve tanta adesão que acabou por ficar disponível nos 47 restaurantes de Delligatti e, em 1968, já estava à venda por todo o país.

Segundo afirmou Delligatti, em 2006, à agência de notícias Associated Press, a cadeia McDonald"s rejeitou a ideia, inicialmente, porque o menu de hambúrgueres, cheesebúrgueres e batatas fritas e batidos estava a vender bem.

Atualmente, a receita de Delligatti é comercializada em mais de 100 países.