Cessar-fogo

Moscovo pede à ONU para apoiar plano russo-turco na Síria

Moscovo pede à ONU para apoiar plano russo-turco na Síria

A Rússia propôs, esta sexta-feira, aos seus parceiros do Conselho de Segurança da ONU a aprovação de uma resolução apoiando o plano russo-turco de cessar-fogo na Síria e de futuras negociações de paz em Astana.

O embaixador russo, Vitali Tchurkin, indicou a jornalistas ter apresentado "um projeto (de resolução) resumido para endossar" o plano da Rússia e da Turquia prevendo uma cessação das hostilidades e negociações em Astana "no final de janeiro".

O texto deve ser analisado em reuniões do conselho à porta fechada que começaram esta sexta-feira de manhã.

"Esperamos poder aprová-lo por unanimidade amanhã (sábado) de manhã", adiantou.

O acordo patrocinado por Moscovo e Ancara prevê negociações em janeiro no Cazaquistão para tentar acabar com a guerra civil na Síria, que já causou mais de 310 mil mortos e milhões de deslocados desde 2011.

Um cessar-fogo entrou oficialmente em vigor na Síria à meia-noite deste sábado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG