EUA

Mulher atacada por jaguar enquanto tentava tirar selfie no zoo

Mulher atacada por jaguar enquanto tentava tirar selfie no zoo

Uma mulher foi atacada por um jaguar depois de ultrapassar a barreira de segurança do jardim zoológico para tirar uma fotografia, nos Estados Unidos da América.

A mulher, de 30 anos, cuja identidade não foi revelada, ficou ferida no antebraço esquerdo, tendo recebido assistência médica após ser atacada por uma fêmea de jaguar adulta no Wildlife World Zoo, Aquarium and Safari Park, no Arizona.

O jardim zoológico confirmou a ocorrência nas redes sociais e referiu que, segundo testemunhas, a mulher saltou uma barreira de segurança, que separa os visitantes do animal, para tirar uma fotografia com o mesmo. "Em nenhum momento o animal esteve fora do recinto. O incidente está a ser investigado", lê-se na publicação que o Wildlife World Zoo partilhou no Facebook.

"Eu ouvi a jovem a gritar: ajudem, ajudem, ajudem... e as garras do jaguar estavam fora da jaula à volta do braço", disse Adam Wilkerson, uma das testemunhas, ao canal de televisão Fox 10, citado pelo Fox News. A mãe de Adam terá evitado uma situação mais gravosa ao atirar uma garrafa de água para dentro da jaula, de forma a distrair o animal.

Contudo, os responsáveis do Wildlife World Zoo garantiram que o animal não vai ser abatido devido ao incidente. "Podemos garantir que nada vai acontecer com o nosso jaguar", anunciou o jardim zoológico. "É um animal selvagem e havia barreiras adequadas para manter os nossos visitantes a salvo. Não é culpa de um animal selvagem quando barreiras são ultrapassadas", asseguraram na sua conta oficial no Twitter.

PUB

A mulher regressou mais tarde ao jardim zoológico para se desculpar pelo incidente, de acordo com a corporação de bombeiros Rural Metro Fire. "Ela queria tirar uma selfie ou uma fotografia do animal e colocou o braço perto da jaula e o jaguar conseguiu alcançá-la", afirmou Shawn Gilleland, porta-voz dos bombeiros, citado pelo jornal The Guardian.

Não é primeira vez que um visitante é ferido por esta fêmea jaguar. O fundador do zoo do Arizona, Mickey Ollson, relatou aos jornalistas que o animal já tinha atacado uma pessoa quando esta passou também a barreira de segurança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG