Protesto

Mulher detida por se despir em ponte sagrada na Índia quis alertar para assédio sexual

Mulher detida por se despir em ponte sagrada na Índia quis alertar para assédio sexual

Uma mulher, de nacionalidade francesa, foi detida depois de alegadamente ter feito um vídeo despida numa ponte sagrada da Índia. A estrangeira pediu desculpa, mas nega que estivesse completamente nua e acrescenta que só o fez para chamar a atenção para o assédio sexual.

A polícia indiana disse este sábado que a mulher de 27 anos - identificada como Marie-Helene - enfrenta acusações no país depois de publicar imagens de si própria na Lakshman Jhula, uma ponte pedonal que se tornou famosa pelos Beatles em 1960 e que continua a ser uma atração turística para viajantes e praticantes de ioga.

"Ela disse-nos que vende colares na Internet e que o objetivo das imagens era promover o negócio", disse R.K Saklani, chefe da polícia local.

No entanto, à agência de notícias AFP, Marie-Helene diz que naquele momento não havia ninguém por perto e que só se despiu para chamar a atenção para a questão do assédio sexual na Índia. "Eu escolhi despir-me parcialmente na Laxman Jhula porque cada vez que a atravessava, eu era constantemente assediada. As minhas irmãs indianas e as mulheres viajantes, de certeza, que já experienciaram o mesmo", disse.

"O objetivo principal é ajudar as mulheres oprimidas da Índia a ter acesso a educação e a deixar casamentos ou situações abusivas". A polícia diz que Marie-Helene foi presa na passada quinta-feira e foi libertada sob fiança. O telemóvel da mulher foi apreendido para investigação.

"A primeira coisa que quero dizer é que lamento se as minhas ações magoaram a comunidade local", acrescentou a francesa. "Não tinha noção das especificidades culturais daquele local", disse. Na religião hindu acredita-se que Lakshman (uma divindade) atravessou o rio apenas com duas cordas. Para homenageá-lo, foi construída a ponte Lakshman Jhula que ficou terminada em 1929.

PUB

As autoridades foram alertadas do incidente de Marie-Helene depois um vídeo ter sido publicado nas redes sociais.

Outras Notícias