O Jogo ao Vivo

Fortaleza

Mulher entra em trabalho de parto a bordo de avião da TAP

Mulher entra em trabalho de parto a bordo de avião da TAP

Uma passageira entrou em trabalho de parto num avião que partiu de Lisboa com destino a São Paulo, no Brasil. O caso aconteceu na tarde de sábado e obrigou a aeronave da TAP a fazer um pouso não programado no Aeroporto Internacional de Fortaleza.

A informação foi avançada pela imprensa brasileira e confirmada ao "Jornal de Notícias" pela Fraport, empresa que administra o aeroporto de Fortaleza.

"No sábado, às 15.19 horas, recebemos um aviso da torre de controlo de que o voo da TAP (Lisboa/São Paulo) tinha comunicado uma emergência médica com um passageiro, com possível trabalho de parto. Às 16 horas, a aeronave pousou em Fortaleza", indicou Natalie Valezi, diretora de marketing, comunicação e qualidade da Fraport Brasil.

PUB

Segundo a mesma fonte, a mulher recebeu os primeiros cuidados ainda no aeroporto e foi encaminhada para o Hospital Gastroclínica, no bairro Aldeota. Horas mais tarde, o avião retomou a rota para São Paulo.

Segundo informação disponibilizada na página da TAP, as grávidas podem viajar até às 36 semanas (ou até 4 semanas antes da data prevista do parto para uma gravidez sem complicações) ou até às 32 semanas (no caso de gémeos, trigémeos, etc., para uma gravidez sem complicações). Em ambos os casos, as futuras mães devem fazer-se acompanhar por declaração médica (a partir das 28 semanas) atestando que a gravidez não tem complicações e o tempo de gestação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG