Mundo

As terras mais frias e mais quentes do Planeta

As terras mais frias e mais quentes do Planeta

Rússia, entre o pólo Norte o o Sul, regista algumas das temperaturas mais baixas do Planeta. Os pontos mais quentes estão em África e nos EUA.

A antiga estação soviética de Vostok, na Antártida, é considerada como o local mais frio do Mundo. Em 1983, foi registada uma temperatura recorde de 89,2 graus centígrados abaixo de zero naquele território da Rússia, situado a 1253 quilómetros do Pólo Sul.

A estação de Vostok, que agora emprega cientistas da Rússia, França e Estados Unidos, está situada a 3700 metros acima do nível do mar. No Inverno, 13 pessoas trabalham na estação, número que sobe para 25, no Verão, quando as temperaturas "aquecem" um bocadinho, para uma máxima de 21 graus... negativos.

É também russa a segunda localidade mais fria do Mundo. Segundo os registos do jornal Pravda, da Rússia, Oymyakon, registou uma temperatura recorde de 71,2 graus centígrados abaixo de zero.

A temperatura média em Oymyakon, em Janeiro, é de 47 graus negativos. Razões para afirmar aquele povoado russo, situado a cerca de 350 quilómetros do Círculo Ártico, como a terra mais fria do Hemisfério Norte.

A ilha de Ellesmere, no Canadá, é conhecida por um punhado de turistas apreciadores do frio e das paisagens inóspitas. Um bilhete de avião para esta ilha, cuja a temperatura média é de 20 graus negativos, mas no Inverno desce para 40, pode custar cerca de 15 mil euros.

Apesar do vasto território, apenas cerca de 170 pessoas habitam aquele arquipélago canadiano, com apenas três povoados: Alert - o ponto terrestre mais a Norte - Eureka e Grice-Fjord.

PUB

Recentemente, a Líbia foi notícia devido às convulsões políticas, que terminaram com a morte de Muammar Kadafi, que liderou o país durante 42 anos. É neste território, maioritariamente deserto, que se encontra El Azizia, localidade em que foi registada uma temperatura recorde: 57,8 graus centígrados.

Uma medição feita em 1922, à sombra e numa estação meteorológica colocada cinco metros acima do solo. Razões para estimar, segundo o Pravda, em 66 graus centígrados a temperatura real daquele dia.

Dallol, na Etiópia, é considerado o local mais quente do mundo, na actualidade. Entre 1960 e 1996, registou uma temperatura média de 34 graus centígrados, refere o Pravda, sem especificar qual o pico máximo ou as temperaturas mínimas registadas.

O Vale da Morte, na Califórnia, tem um recorde de 56,7 graus centígrados, registado em 1914. Actualmente, a temperatura média, em Julho, é de 46 graus, durante o dia, e desce para 31, durante a noite.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG