Mundo

Brasileira volta a leiloar virgindade

Brasileira volta a leiloar virgindade

A brasileira que ficou conhecida em todo o mundo por ter leiloado a virgindade por 600 mil euros afinal diz que ainda "não teve a primeira vez" e prepara-se agora para organizar o seu próprio leilão no Brasil.

Migliorini ficou famosa após leiloar a virgindade para o documentário de um cineasta australiano "Virgins Wanted". Em entrevista ao "Globo", a jovem revelou, esta quarta-feira, que "o primeiro leilão não deu certo" , por desentendimentos com o diretor do documentário, e, portanto, resolveu fazer, por sua própria conta, um novo.

Para tal, a Catarina Migliorini está a trabalhar num site que se chamará "Virgins wanted 2" e que deve ser lançado na próxima semana. Entretanto, a brasileira já criou um canal no Youtube onde está a publicar vídeos sobre a sua vida.

"O que posso garantir é que sou virgem, nunca tive nenhum tipo de relação sexual com ninguém", disse Ingrid, que em janeiro foi capa da revista masculina "Playboy" no Brasil e na Argentina.

Esta será mais uma tentativa de Catarina Migliorini lucrar com "a sua primeira vez", porque, antes mesmo de ter leiloado a virgindade para o documentário do cineasta australiano, já tinha pedido cerca de 38 mil a um empresário da noite brasileira.