Insólito

Carteiro japonês guardou 24 mil envelopes porque dava "muito trabalho" entregá-los

Carteiro japonês guardou 24 mil envelopes porque dava "muito trabalho" entregá-los

Um ex-funcionário dos correios do Japão poderá ir a tribunal depois de a Polícia ter descoberto que guardou cerca de 24 mil envelopes de correspondência em casa, alegando que dava "muito trabalho" entregá-los.

O homem foi encaminhado para o Ministério Público por violar a lei postal, disse à agência France-Presse (AFP) um porta-voz da Polícia da província de Kanagawa.

De acordo com os meios de comunicação locais, o homem de 61 anos tinha cerca de 24 mil envelopes não entregues desde 2003, que acumulou em casa em Kanagawa, perto de Tóquio.

"Dava muito trabalho entregá-los. Não queria que os meus colegas pensassem que eu era menos capaz do que os mais jovens", disse o antigo funcionário às autoridades.

Se for condenado, o homem pode enfrentar pena de prisão inferior a três anos ou multas de até 500 mil ienes (cerca de 4000 euros), disse o porta-voz da Polícia.

A empresa de correio despediu o funcionário depois de se ter descoberto a façanha no final do ano passado e pediu desculpa pela falha na entrega dos envelopes, garantindo que vão chegar aos respetivos destinos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG