Finlândia

Deputada deixa debate sobre álcool para socorrer assessor embriagado

Deputada deixa debate sobre álcool para socorrer assessor embriagado

Enquanto decorria o debate no Parlamento sobre as leis do álcool na Finlândia, aconteciam, ao mesmo tempo, algumas festas de Natal no edifício.

Päivi Räsänen, que além de deputada é também médica, participava num debate no Parlamento finlandês, na passada quinta-feira, sobre a liberalização do Lei do Álcool, quando foi forçada a abandonar o local para prestar cuidados médicos a um assessor politico que estava com sintomas de intoxicação alcoólica.

Alegadamente, a deputada e médica, foi chamada por algumas testemunhas que acharam que o homem precisava de alguns cuidados depois de vomitar e não se conseguir levantar, durante uma festa de Natal que estava a decorrer ao mesmo tempo que o debate.

Päivi Räsänen disse ao jornal finlandês "Aamulehti" que ficou com o assessor até este ser levado para o hospital.

"Eu estava lá como médica, É verdade que fui chamada durante um debate sobre álcool", e acrescentou "É muito controverso que um debate parlamentar sobre as desvantagens do álcool estivesse a acontecer no mesmo momento que este incidente".

Em debate estavam algumas propostas que visavam uma reforma na Lei do Álcool da Finlândia para permitir a venda de bebidas que são restritivas em determinados locais e horários.