Artes Marciais

Japão procura candidatos a ninjas

Japão procura candidatos a ninjas

Os famosos guerreiros japoneses, uma das principais atrações turísticas do país, estão a tornar-se insuficientes. Agora, procuram-se candidatos qualificados que possam ocupar o cargo de ninjas.

A arte de guerra dos ninjas, conhecida por "ninjutsu", faz parte da cultura japonesa desde o século XIV, numa altura em que a espionagem e a infiltração eram as suas principais tarefas.

No entanto, não é apenas no seu país de origem que os guerreiros têm feito sucesso. Na televisão e no cinema, os ninjas já serviram de inspiração para várias produções. São conhecidos pelas suas características sobrenaturais, principalmente pelo poder de se tornarem "invisíveis".

Hoje em dia, no Japão, a realidade é bem diferente. O aumento do turismo dos últimos anos levou à criação das mais variadas atrações relacionadas com os praticantes deste tipo de artes marciais. Parques temáticos e restaurantes a eles dedicados podem ser encontrados por todo o país, o que está a tornar cada mais difícil encontrar ninjas devidamente qualificados.

Em declarações ao jornal "Asahi", Takatsugu Aoki, responsável por um grupo de artes marciais da cidade de Nagoia, explica que "com o aumento do número de visitantes do país, o valor dos ninjas como atração turística é maior". O líder acrescenta ainda que, devido à grande popularidade e procura dos heróis, "há ninjas insuficientes".

Para praticar "ninjutsu", é necessário cumprir um conjunto de requisitos, entre os quais o treino em combate desarmado, luta de espadas e acrobacias. São agora procurados possíveis candidatos para ocupar este cargo.