Mundo

Fecharam filha em palheiro durante seis anos para acabar com namoro

Fecharam filha em palheiro durante seis anos para acabar com namoro

Uma rapariga chinesa viveu fechada num palheiro abandonado e "foi tratada como um animal" pelos pais, durante seis anos, que a quiseram afastar do namorado. Pais alegaram que sofria de problemas mentais e que tinha de estar fechada para sua própria proteção.

O caso de Zhang Qi, de 24 anos, está a comover o país. Os pais contaram à vizinhança que a jovem sofria de uma doença mental e que estava fechada para sua própria proteção, em Jingang, na província de Hubei.

Para já, as autoridades ainda não comentaram o caso, nem foi possível recolher informações sobre o estado de saúde de Zhang Qi.

Chow Jen visitou Qi todos os anos, quando visitava a localidade no ano novo chinês, conta o jornal inglês "The Mirror". "Na última visita, quando a vi deitada numa pilha de palha, com alguns cobertores e comida à volta dela, decidi que chegava", contou ao tabloide inglês.

"Os pais da rapariga são poderosos e ninguém quis intervir", disse Chow Jen. "Toda a gente sabia que a rapariga estava fechada naquele palheiro. Saí daqui e só volto de vez em quando, por isso não tive problemas em publicar estas fotos, depois de as autoridade se recusarem a agir", contou.

"Quer tenha problemas mentais ou não, estava a ser tratada como um animal e eu fiquei tão farto da situação que contactei a polícia e publiquei as fotos na internet", concluiu.