O Jogo ao Vivo

saúde

Hospital espanhol declarou paciente morto por engano

Hospital espanhol declarou paciente morto por engano

Um hospital de Barcelona, em Espanha, está a ser investigado por ter, alegadamente, declarado a morte de um paciente vivo. O hospital admitiu "erro no diagnóstico".

Tudo aconteceu no passado dia 25 de Dezembro, dia de Natal, quando o Hospital Moisès Broggi de Sant Joan Despí passou um atestado de óbito a um homem, de 89 anos, que sofre de uma doença em fase terminal, mas que não havia morrido.

O hospital admitiu, em comunicado, a realização de um "diagnóstico errado", mas não adiantou quaisquer pormenores. O caso mereceu abertura de um processo interno de averiguações, avançou o jornal espanhol "El Mundo".

Segundo as autoridades que se encontram a investigar o caso, o paciente apresentava todos os sinais externos de morte: ausência de respiração e batimento cardíaco durante a auscultação e pele fria e arroxeada. No entanto, o diagnóstico de morte foi retirado e o paciente encontra-se internado, ainda em estado muito crítico, no mesmo hospital.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG