Mundo

Apanhados em vídeo a atirar cão e a abandoná-lo

Apanhados em vídeo a atirar cão e a abandoná-lo

Um vídeo, que mostra um cão a ser abandonado e atirado por cima de um portão numa associação de animais, está a chocar a Galiza. Veja o vídeo.

Um cão foi atirado por cima do portão de uma associação de animais galega, que resolveu denunciar o atribulado abandono nas redes sociais, na sexta-feira.

As imagens do momento foram captadas pela câmara de vigilância da associação e estão a chocar a Internet. No vídeo, com pouco mais de minuto e meio, é possível ver um homem a chegar ao portão de carro e a tentar atirar o animal por cima das grades. Sem sucesso, o homem continua a tentar desfazer-se do cão, contando com a ajuda de um segundo indivíduo, que acaba por segurá-lo enquanto o primeiro homem segura o animal pela trela até o atirar ao chão, do outro lado.

O vídeo, partilhado pela associação no Facebook, já foi visto mais de 2 milhões de vezes e conta com mais de 94 mil partilhas e 6 mil comentários.

"O que fizeram a este animal é uma barbaridade", garante a presidente da Associação Protetora de Animais de Pontevedra, Glória Cubas, à "La Voz de Galicia", onde denunciou o que aconteceu e demonstrou a sua repulsa pelos homens que abandonaram o cão.

"Ele está muito assustado. Ne nos deixa chegar perto com o leitor de microchip", acrescenta a responsável pela Associação "Os Palleiros". O caso já foi denunciado à Polícia, mas a associação pede, agora, a colaboração da população para localizar os autores do abandono.

"Não vamos ficar quietos. Estes infelizes não tiveram escrupulos e, em plena luz do dia, fizeram o que conseguem ver a este pobre peludo. Sem remorsos, como se fosse um saco do lixo, bateram-lhe e deixaram-o cair com a coleira antes de irem embora, sem olhar para trás", adianta a associação, na publicação que acompanha o vídeo.

"Pedimos a vossa colaboração. Se alguém tiver alguma pista que ajude a identificar os homens que aparecem nesta gravação, entre em contacto com a polícia [de Espanha]", pedem.

Recorde-se que, tal como em Portugal, os maus tratos a animais contam como crime e quem os faz pode incorrer de pena.

ver mais vídeos