Espanha

Casal apanhado a fazer sexo em carro parado na via em autoestrada

Casal apanhado a fazer sexo em carro parado na via em autoestrada

Um carro sem combustível, álcool no sangue e alguns minutos sem nada para fazer. Foi este o cocktail que levou um jovem casal espanhol a considerar sensato ter relações sexuais no banco do condutor de um carro parado na faixa da esquerda da autoestrada AP-68, que liga Bilbau a Saragoça, no país vizinho.

O caso aconteceu a 31 de março e conheceu agora a sentença: 4800 euros de multa, 50 horas de trabalho comunitário para o alegado condutor do carro e 10 horas de trabalho comunitário para a passageira. Segundo os documentos do tribunal, citados pelo jornal "La Vanguardia", nesse domingo de manhã, cerca das 6.17 horas, o 112 começou a receber chamadas de condutores preocupados com um carro parado na faixa de rodagem, mal sinalizado. Tinha as luzes de perigo ligadas, mas nada mais.

A polícia chegou ao local 20 minutos depois da primeira chamada e deparou-se com o carro parado e o casal a fazer sexo no banco do condutor. Interrompido o momento, o homem de 23 anos admitiu ser o condutor, mas, depois de ter soprado ao balão e este ter registado álcool no sangue, decidiu emendar a história, garantindo que era a namorada quem conduzia o carro.

Segundo descreveram às autoridades, tinham ficado sem combustível e não conseguiram encostar o carro à berma, nem sair da viatura para sinalizar o perigo. Em vez de pedirem auxílio das autoridades, ficaram dentro do carro e telefonaram à mãe da jovem, para que esta lhes levasse gasolina. Apesar de o ministério público ter pedido pena de prisão para o jovem, o tribunal não deu como provado quem seria o condutor, ficando-se pela multa e trabalho comunitário.