Austrália

Ciência resolve mistério da laranja que ficou roxa

Ciência resolve mistério da laranja que ficou roxa

As autoridades australianas resolveram um mistério que andava há semanas a causar muita especulação no país: uma laranja que, quando cortada, ficou arroxeada.

Uma cidadã australiana pediu às autoridades sanitárias que investigassem a razão pela qual uma laranja fresca ficou roxa, pouco tempo depois de a mulher a ter cortado e dado alguns gomos ao filho de dois anos. "Parece que alguém tinha mergulhado a laranja em tinta, o que eu garanto que não fizemos", disse Neti Moffitt, em declarações ao canal australiano ABC.

A explicação para o sucedido, agora avançada pela BBC, acaba por ser relativamente simples. Os cientistas descobriram que se tratou de uma reação natural da laranja à faca usada, sendo que o consumo do fruto não constitui um risco para a saúde, garantiram as autoridades.

As análises realizadas no Departamento de Saúde de Queensland, que levou a cabo vários testes no sentido de desvendar o fenómeno, revelaram que a mudança de cor ocorreu porque as antocianinas da laranja (uma espécie de antioxidante natural) reagiram com partículas de ferro da lâmina recém-afiada, explicou o analista-chefe Stewart Carswell, citado pela estação de televisão britânica.

Neti Moffitt reagiu à notícia, adiantando que ficou feliz por ver o mistério da laranja resolvido.

ver mais vídeos