Mundo

Criança de 13 anos concretiza fusão atómica

Criança de 13 anos concretiza fusão atómica

Um estudante inglês, de apenas 13 anos, construiu um reator nuclear para uma feira de ciências escolar.

Jamie Edwards, aluno na "Penwortham Piory Academy", no Reino Unido, fez com que dois átomos de hidrogénio chocassem, criando hélio através de uma fusão nuclear.

Para realizar esta experiência, Jamie usou o dinheiro que recebeu no Natal e contou com a ajuda do diretor da escola.

O aluno, que começou o projeto em outubro do ano passado, começou por tentar criar uma fusão nuclear com um amigo consultando sites de códigos abertos para físicos amadores.

Inicialmente, o seu pedido de fundos foi rejeitado por vários laboratórios e universidades.

Este tipo de fusão é conhecida desde 1960 e é chamada de confinamento electrostático de inércia. Neste processo, a alta tensão é conseguida através de um gás confinado que cria uma pequena quantidade de radiação incluindo alguns raios-x.

Com este feito, Jamie Edwards passa a ser a pessoa mais jovem do mundo a conseguir concretizar uma fusão atómica, batendo o recorde de uma criança americana de 14 anos. O recorde anterior pertencia a Taylor Wilson que criou um reator nuclear em 2008 na garagem da sua casa.