Inglaterra

Gato trespassado por flecha sobreviveu e recupera no hospital

Gato trespassado por flecha sobreviveu e recupera no hospital

Um gato de Glenfiel, Inglaterra, foi atingido intencionalmente com uma flecha, mas acabou por se revelar sortudo, por ter sobrevivido ao ataque e estar a recuperar bem. Polícia procura o autor do ato cruel com o animal.

Apelidado de Robin Hood, o gato foi encontrado ferido em Glenfield, em Leicestershire, com uma flecha que lhe atingiu o ombro.

Atualmente está a ser tratado numa filial da "Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals" (RSPCA), em Northamptonshire, depois de ter sido submetido a uma cirurgia para remover a flecha. A instituição está a pedir informações para encontrar o responsável pelo ataque.

A RSPCA está à procura de alguém que queira ficar com Robin Hood, visto que não conseguiram encontrar o seu dono. Acredita-se ter cerca de cinco anos de idade e que é FIV positivo, uma condição semelhante ao HIV nas pessoas. O próximo dono do Robin Hood terá de garantir que será o único gato na casa e que não pode sair para o exterior.

Karl Marston, que investigou o caso, disse achar "repugnante que alguém queira magoar ou matar um gato". Marston adiantou que tem sido um "longo caminho de recuperação" depois de o gato ter sido atingido, em abril, mas que agora o animal está "bastante bem".