Mundo

Mulher acusada de tentar asfixiar namorado entre os seios

Mulher acusada de tentar asfixiar namorado entre os seios

Um alemão acusa a ex-namorada de o tentar sufocar com os seios. Em julgamento por tentativa de "homicídio armado", a mulher nega e diz que ambos participavam em jogos sexuais de forma consensual.

Tim Scmidt, de 30 anos, acusa a ex-namorada de o tentar asfixiar entre os seios, copa 38DD, quando faziam sexo. A mulher responde em tribunal por tentativa de homicídio com arma.

Franziska Hansen nega as acusações e diz que ambos estavam a fazer jogos sexuais de forma consensual, em casa, na cidade alemã de Unna.

"Ela estava sentada em cima de mim, nua, e eu estava a beijar-lhe os seios. De repente, ela agarrou a minha cabeça e apertou-a entre as mamas com toda a força", contou Tim Schmidt, em declarações ao jornal alemão "De Bild".

O caso aconteceu em maio, mas só agora ficou conhecido, ao chegar a tribunal. "Fiquei sem conseguir respirar. Devo ter ficado roxo. Não me conseguia libertar e pensei que ia morrer", acrescentou.

Tim Schmidt, que pesa cerca de 82 quilos, diz que conseguiu libertar-se, a custo, da pressão da ex-namorada, de 57 quilos, e fugiu, nu, para casa de um vizinho, de onde chamou a polícia.

"Para mim é claro que que ela queria matar-me. Até o admitiu ao telefone. Perguntei-lhe porque tentou asfixiar-me até à morte com as mamas e ela respondeu: "Tesouro, queria que a tua morte fosse o mais agradável possível", contou Tim Schmidt.

Conteúdo Patrocinado