O Jogo ao Vivo

Mundo

Polícia investiga filmagem porno em biblioteca universitária

Polícia investiga filmagem porno em biblioteca universitária

Uma estudante universitária de 19 anos gravou um filme pornográfico na biblioteca da Universidade Estatal do Estado de Oregon, nos Estados Unidos. O filme tornou-se viral e causou polémica, levando a que jovem tenha sido intimada pela Polícia por atentado ao pudor.

Kendra Sunderland gravou o vídeo de 17 minutos a tirar a roupa e a estimular-se e colocou-o no site Pornhub. Em poucos dias e até ser retirado, o vídeo atingiu as 260 mil visualizações.

A jovem, que segundo os dados colocados no Facebook, vive em Salem, no Estado do Oregon, e que não se matriculou no semestre em curso, foi intimada para responder por atentado ao pudor e, apesar de não ter sido detida, será levada a tribunal e incorre numa multa que pode atingir 6250 dólares (5500 euros) e um ano de prisão.

Em várias reportagens feitas na Universidade após a divulgação do caso, os estudantes dizem-se espantados quanto à forma como Kendra conseguiu gravar-se a si própria durante tanto tempo num sítio tão movimentado e que a universidade diz ser usado por 30 mil pessoas por semana.