EUA

Professora despedida por dizer aos alunos que Pai Natal não existe

Professora despedida por dizer aos alunos que Pai Natal não existe

Uma professora de Montville, Nova Jérsia, a cerca de 30 quilómetros da cidade de Nova Iorque, EUA, foi despedida por ter dito aos seus alunos da primeira classe, com idades entre seis e sete anos, que o Pai Natal não existe.

Num comunicado da diretora das escolas de Montville, Rene Rovtar, citado pelo USA Today, lê-se que a professora "já não trabalha no agrupamento escolar". A situação ficou conhecida como "The Santa Affair" ("o caso do Pai Natal") e deixou vários pais perplexos ao ver a tristeza dos filhos depois de saber a verdade.

"Muitos de nós somos pais e tivemos que lidar com o dano causado pela professora quando as crianças chegaram a casa", disse Lisa Simek, uma das mães, no Facebook. Outra mulher contou que a filha Adriana, de seis anos, ficou muito angustiada: "Partiu-me o coração. A minha filha é a maior fã do espírito de Natal".

Antes de a professora ser despedida, o diretor da escola, Michael Raj, já tinha enviado uma carta aos pais a explicar o que aconteceu, realçando a importância de "as crianças preservarem a inocência durante essas datas". Michael, que também é pai, disse ainda que entende "a natureza sensível do que aconteceu".

Além disso, a verdade sobre o Pai Natal não foi a única revelação que a professora fez, porque as crianças perguntaram também sobre a "Fada dos Dentes", os elfos, os coelhos da Páscoa e outras figuras do imaginário infantil. "Ela destruiu todas as histórias", contaram os pais.

ver mais vídeos