Estónia

Resgataram de um rio gelado um "cão grande" que afinal era um lobo

Resgataram de um rio gelado um "cão grande" que afinal era um lobo

Um grupo de trabalhadores da construção civil encontrou e resgatou aquilo que julgavam ser um cão em pânico, que havia caído no Rio Parnu, perto da barragem de Sindi, quarta-feira. Foram empurrados os pedaços de gelo que cobriam a água e o caminho foi limpo para que o animal conseguisse nadar até à costa. No entanto, o animal era afinal um lobo.

O suposto cão estava coberto de gelo e a temperatura corporal estava baixa, quando foi levado para um veterinário, no carro de um dos trabalhadores. "Estava calmo, dormiu nas minhas pernas. Quando eu queria esticá-los, ele levantou a cabeça por um momento", afirmou Rando Kartsepp, um dos homens que salvou o lobo, citado pela BBC.

Após o tratamento, foi desvendada a verdadeira raça do "cão grande", um lobo selvagem com cerca de um ano de idade, O animal selvagem foi colocado numa jaula, no caso de se tornar menos dócil e foi devolvido à Natureza, quando recuperou, equipado com um colar com localização GPS.

"Estamos muito felizes por ter acabado tudo bem e queremos agradecer a todos os participantes, especialmente aos que resgataram o lobo e aos veterinários que não tiveram medo de cuidar do animal selvagem", disse a Associação de Proteção Animal da Estónia.

A Estónia é o lar de centenas de lobos, sendo este escolhido como animal nacional do país, no ano passado, por uma organização da natureza.

Imobusiness