EUA

Retirada de avião por viajar com esquilo de "apoio emocional"

Retirada de avião por viajar com esquilo de "apoio emocional"

Uma norte-americana foi expulsa do voo que tinha marcado depois de ter entrado no avião com um esquilo, na terça-feira à noite.

Segundo o britânico "The Guardian", a mulher recusou sair e levar consigo o animal, tendo acabado por ser retirada pelas autoridades, cuja intervenção foi necessária face ao insucesso dos apelos dos assistentes de bordo.

A situação provocou um atraso de duas horas, até porque, durante o diálogo com a mulher, os agentes da Polícia orientaram todos os passageiros para fora da aeronave, da companhia norte-americana Frontier Airlines, que seguia de Orlando para Cleveland. A passageira acabou por ser escoltada para o terminal principal e o avião seguiu viagem com os restantes passageiros.

A companhia comunicou que a passageira tinha notado, na reserva do voo, que ia levar um "animal de apoio emocional", mas não indicou que seria um esquilo. A política atual da Frontier proíbe "animais incomuns ou exóticos", incluindo "roedores, répteis, insetos, ouriços, coelhos, pássaros não domésticos ou impropriamente limpos e / ou animais com odor desagradável".

No início do ano, um pavão foi impedido de embarcar com o dono, num avião da mesma companhia aérea.

ver mais vídeos