Mundo

Leão mais importante do Zimbabué foi decapitado

Leão mais importante do Zimbabué foi decapitado

As autoridades do Zimbabué estão à procura de um caçador que matou e decapitou o leão mais importante do Parque Nacional de Hwange.

O animal foi encontrado morto no dia 1 de julho, com a cabeça cortada e sem pele. O leão foi atraído com uma presa morta para uma zona fora da reserva natural e atingido por um disparo de arco e flecha. Ficou toda a noite a sangrar. Dois dias depois, o caçador decapitou o felino.

"Cecil sofreu uma morte horrível", disse Johnny Rodrigues, um dos responsáveis pela conservação da vida animal no Zimbabué.

Um espanhol, do qual se desconhece o nome, é o principal suspeito por ter morto um dos animais mais imortalizados pelos turistas que visitam a reserva de Hwange. Terá pago 50 mil euros pela caçada e terá sido guiado até Cecil por um caçador profissional e guia de safaris.

Cecil tinha 13 anos.

Outras Notícias