Mundo

Não sabia que estava grávida e deu à luz num avião

Não sabia que estava grávida e deu à luz num avião

Uma canadiana de 23 anos estava grávida de 37 semanas e não fazia ideia. Acabou por dar à luz a bordo de um avião que ligava o Canadá a Tóquio. Veja o vídeo.

Enquanto meio mundo celebrava, este domingo, o Dia da Mãe, Ada Guan, uma jovem canadiana de 23 anos, tornou-se mãe sem estar à espera. Enquanto seguia com o namorado num voo entre Calgary, no Canadá, e Tóquio, no Japão, a rapariga começou a sentir fortes dores na barriga.

"Algo caiu de dentro de mim", queixou-se a nova mãe ao namorado, Wesley Branch. "Puxei-lhe as calças e vi uma cabeça, seguida de um choro", conta o jovem pai, à Global News. "Ó meu Deus, acho que acabamos de ter um filho", terá exclamado.

O casal garante que não tinha ideia que Guan estava grávida de 37 semanas. Apesar de ter sentido algumas dores no estômago, a jovem achava que tinha apenas problemas intestinais. "Achávamos que ela tinha apenas dores menstruais, gases ou uma úlcera", admite Wesley Branch. "A barriga dela nem estava assim tão grande. Achávamos que ela só tinha ganhado algum peso, nada mais", confessa.

Mesmo assim, a namorada decidiu realizar um teste de gravidez há umas semanas, mas os resultados foram negativos. Nem uma visita ao médico confirmou a gravidez...

A bebé acabou por nascer quase sem ajuda, mas a bordo seguiam três médicos, que auxiliaram Guan nos últimos passos do procedimento. A menina, batizada como Chloe, está de perfeita saúde e os pais já abandonaram o hospital.

A nacionalidade da pequena Chloe vai depender da zona que o avião estava a sobrevoar no momento do parto: para além da nacionalidade canadiana, a criança poderá, ainda, ser considerada norte-americana, se se provar que o avião estava a sobrevoar o Havai quando nasceu.

Outras Notícias