O Jogo ao Vivo

Mundo

Obrigou filho a usar cartaz a mostrar as más notas escolares

Obrigou filho a usar cartaz a mostrar as más notas escolares

Um pai humilhou o filho, obrigando o jovem a usar um duplo cartaz em público a mostrar as más notas que teve na escola. "Buzine se há algo errado com isso", lê-se na "sandwich".

Michael Bell Sénior não gostou das notas do filho, Michael Bell Júnior. Tocaram as campainhas de alarme quando "Jr" chegou a casa com três "F", uma das notas mais baixas nos EUA, no segundo período.

Michael "Sr" obrigou o filho a passar o dia numa esquina movimentada de Miami, nos EUA, com um duplo cartaz no corpo. Uma "sandwich" que de um lado reproduzia a opinião dos professores: Michael "Jr" porta-se "como um palhaço na aula". Do outro lado carregava, literalmente às costas, as notas, outra força da expressão dos professores, e uma mensagem a quem passava. "Estou no sétimo ano e tive 3 "F". Buzine se acha que há algo de errado com isto".

O canal "7News", que conta a história, não fez a contagem das buzinadelas, tampouco se estas seriam a desaprovar as notas ou o castigo. "Foi o último recurso", desabou Michael "Sr", em declarações aos média locais.

"Não sei de outra forma como chegar até ele", argumentou o pai do rapaz. "Se não fizer nada, ele vai ser uma estatística. Não quero que ele seja uma estatística", acrescentou Michael "Sr", o autor de inusitado e controverso castigo.

Facto é que parece ter resultado. Contam os media de Miami, "Jr" aprendeu a lição e diz que quer melhorar o comportamento e as notas quando voltar às aulas, no fim do intervalo da Primavera.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG