Espanha

Paciente surdo esteve sete horas nas urgências porque só foi chamado pelo altifalante

Paciente surdo esteve sete horas nas urgências porque só foi chamado pelo altifalante

Um paciente surdo esteve sete horas à espera de ser atendido nas urgências de um hospital espanhol, porque apenas foi chamado através do sistema sonoro.

Juan José Aguilera denunciou o caso no Facebook. Contou que deu entrada no serviço de urgências do Hospital Torrecárdenas, en Almería, Espanha, às 11 horas da manhã de 26 de julho e esteve na sala de espera até às 17.30 horas, porque apenas foi chamado pelo sistema de som do hospital, apesar de ter informado, à chegada, de que era surdo.

Como ninguém no hospital teve em conta a sua surdez, esteve quase sete horas no hospital à espera. Acabou por sair sem ser atendido, já depois de reclamar.

Através de um vídeo divulgado no Facebook, Juan José Aguilera denunciou a situação e apelou aos profissionais de saúde para que tenham em atenção a presença de pacientes surdos nas urgências, pedindo que se acerquem deles quando chegar a hora de serem atendidos.

As autoridades de saúde de Espanha já pediram desculpas ao paciente, através da administração do hospital, alegando que se tratou de um "incidente pontual".

O centro hospitalar de Torrecárdenas sublinhou que tem um protocolo sobre o atendimento de pessoas surdas no serviço de urgências, que prevê a anotação da condição do paciente desde que este passa pela triagem, lamentando os "incidentes pontuais que possam ocorrer".

Outros Artigos Recomendados