Internet

Pai toma conta de Instagram da filha para castigá-la e o resultado é este

Pai toma conta de Instagram da filha para castigá-la e o resultado é este

Face a um comportamento reprovável da filha adolescente, um casal norte-americano deu-lhe duas opções de castigo à escolha: ou entregava o telemóvel durante um mês ou cedia o controlo das suas contas nas redes sociais ao pai, durante duas semanas. A jovem escolheu a segunda e os resultados estão à vista.

Madelynn Sumpter, 15 anos, a viver no Texas, ficou com a corda ao pescoço quando os pais descobriram que tinha, juntamente com as amigas, convidado rapazes para uma festa do pijama, na qual não devia, diz o casal, ter havido presença masculina. Desagradados, Tawnya Ford e Larry Sumpter pusera a filha entre a espada e a parede: ou ficava sem o telemóvel durante um mês ou autorizava o pai a gerir as redes sociais durante 15 dias.

Recusando a ideia de largar o telemóvel durante 30 dias, a adolescente não hesitou em decidir pela opção mais original e, no dia 11 de novembro, o pai, de 43 anos, deu início à inusitada gestão das redes sociais da filha: de simples "selfies" a fotografias embaraçosas com poses sensuais, perucas e roupas excêntricas. Mas não demorou a arrepender-se e a tentar, sem sucesso, reverter a decisão. "Ao fim do primeiro dia, a Madelynn começou a dizer que tinha mudado de ideias e que escolhia o castigo de um mês", disse a mãe à revista "Today". Mas de pouco serviu o choradinho: o pai tinha "demasiadas ideias".

Escusado será dizer que a brincadeira ajudou e muito a aumentar o número de seguidores da página.

Veja algumas das imagens postadas abaixo: