O Jogo ao Vivo

Mundo

Polícia australiana esquece mala com explosivos em aeroporto

Polícia australiana esquece mala com explosivos em aeroporto

A polícia australiana pediu desculpa por ter deixado uma mala com explosivos plásticos no interior, usada para treino de cães farejadores, no aeroporto de Sydney, a qual foi descoberta volvidas quatro semanas por uma passageira.

A descoberta foi feita na terça-feira por uma mulher, que depois de chegar a casa foi surpreendida pelo conteúdo da mala não reclamada que lhe foi entregue em substituição da sua que ficara danificada durante um voo.

No interior da mala estavam 230 gramas de explosivos plásticos num aparelho de treino, que a mulher foi deixar numa esquadra de polícia a cerca de 150 quilómetros de Sydney, levando as autoridades a evacuar o edifício, por precaução, até identificarem a origem dos explosivos, no caso, a polícia federal australiana.

A polícia indicou que o engenho não estava ativo e que foi inadvertidamente deixado no terminal doméstico do aeroporto de Sydney depois de um exercício com cães farejadores, realizado a 14 de agosto.

"A polícia leva este erro muito a sério e o instrutor de cães, que inadvertidamente deixou o aparelho para trás foi identificado e será sujeito a uma investigação", disse o comandante da polícia federal do aeroporto de Sydney, Wayne Buchhorn.

Outras Notícias