Mundo

Tentou imitar o Incrível Hulk mas quase perdeu os braços

Tentou imitar o Incrível Hulk mas quase perdeu os braços

A obsessão de um culturista brasileiro com músculos grandes fez com que injetasse uma mistura de óleo, analgésicos e álcool no corpo, para conseguir ficar como a personagem de banda desenhada "O Incrível Hulk".

Romário dos Santos Alves, de 25 anos, esteve perto de perder tudo, incluindo a vida, depois de ter começado a usar "synthol", um "coktail" injetável, nos músculos. O objetivo foi conseguido, mas por pouco não morreu ou teve os braços amputados.

"Lembro-me que o médico me disse que tinham de me amputar os dois braços. Disseram que todos os músculos eram pedra", recorda Romário ao "The Telegraph".

Os resultados chegaram depressa e isso motivou-o a continuar, sem se aperceber que estava perto do precipício.

"Os meus músculos começaram a solidificar e nem conseguia injetar os meus braços. Pareciam pedra", conta para explicar por que razão teve de comprar agulhas usadas em touros para se injetar. "Eram as mais resistentes", explica.

Com dores constantes e perto de uma insuficiência renal, acabou por ter de escolher entre a mulher grávida e os músculos. Chegou a ter a amputação dos braços marcada, mas os médicos conseguiram evitar a solução mais radical para resolver o problema.

Livre do problema, há cerca de dois anos, este brasileiro conseguiu fintar a morte e quer mostrar o seu caso para que outros não cometam o mesmo erro. "Estou arrependido", confessa, mas garante que o sonho do culturismo não acabou.

Na internet, há vários casos e fotografias de pessoas que usaram "synthol". Tal como existem muitos culturistas que mostram casos de aparente sucesso, grande parte dos testemunhos revela graves complicações de saúde.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG