Rússia

Músico expulso de avião em Faro por odor corporal morre de infeção grave

Músico expulso de avião em Faro por odor corporal morre de infeção grave

Foi notícia por ter sido expulso de um avião, que aterrou de emergência em Faro, devido ao mau odor corporal. A verdade é que Andrey Suchilin, um músico russo, padecia de uma doença infeciosa que se revelou fatal. O homem morreu na segunda-feira.

No final de maio, um Boieng 737 da Transavia que voava das Ilhas Canárias, em Espanha, com direção a Amesterdão, na Holanda, foi obrigado a parar de emergência em Faro. O odor corporal de um homem terá deixado vários passageiros indispostos.

Esta segunda-feira, vários órgãos de comunicação social russos escrevem que o passageiro, Andrey Suchilin, morreu em consequência de uma grave doença. O forte odor que fez com que o avião aterrasse em solo português era causado pela infeção.

"O Andrey morreu", escreveu no Facebook Lydia Tikhonovich, uma amiga próxima do músico russo. Depois do incidente no avião, a mulher explicou, nas redes sociais, que o amigo estava a passar por graves problemas de saúde que provocaram o mau odor que o levou a ser expulso do avião.

Quando foi retirado do avião em Faro, o homem foi internado nos cuidados intensivos devido a uma necrose, mas não conseguiu recuperar do problema de saúde.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG