O Jogo ao Vivo

Negócio

Musk tenciona reduzir 75% dos funcionários do Twitter

Musk tenciona reduzir 75% dos funcionários do Twitter

O empresário Elon Musk tem planos para dispensar 75 % dos funcionários do Twitter e reduzi-los a cerca de 2000 pessoas, segundo o "The Washington Post".

O jornal afirma ter obtido documentos sobre as últimas conversações entre o milionário e potenciais investidores que o ajudarão a fechar a compra da rede social.

O "The Washington Post" adianta também que, mesmo que a compra não seja formalizada, a empresa vai fazer grandes cortes de pessoal que atingirão aproximadamente um quarto dos 7500 trabalhadores.

PUB

Nenhum outro meio de comunicação social deu ainda eco destes planos, nem Musk reagiu através da sua conta no Twitter.

O jornal frisa que os cortes podem afetar a capacidade da rede para controlar conteúdos nocivos ou ofensivos, como a pornografia infantil, assim como para prevenir violações na segurança dos conteúdos.

Segundo os documentos consultados pelo "The Washington Post" e testemunhos de outras fontes, os cortes teriam efeitos não apenas no pessoal, mas também nas infraestruturas da empresa, especificamente nos centros de dados que permitem o funcionamento da rede, consultada diariamente por mais de 200 milhões de utilizadores.

Segundo o jornal, os referidos cortes explicam a ansiedade com que o Twitter tem tentado fechar a venda a Musk por 44 mil milhões de dólares (cerca de 45 mil milhões de euros), pois isso significaria que a atual equipa de gestão deixaria as decisões mais difíceis para a futura gestão.

Um perito em dados científicos contactado pela publicação observou que, se os cortes se confirmarem, terão um "efeito cascata": serviços mais pobres, menos pessoal de apoio e uma desmoralização crescente do restante pessoal, que tem vivido meses de incerteza sobre o interesse de Elon Musk no negócio.

Se não houver novos desenvolvimentos, a compra ficará selada em 28 de outubro, dia em que Musk se tornará o único proprietário da rede social Twitter e poderá levar a efeito as alterações que pretender.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG