Tragédia na Grécia

"Não deixes as meninas esquecerem-se de mim", a chamada de uma mãe na Grécia

"Não deixes as meninas esquecerem-se de mim", a chamada de uma mãe na Grécia

Jaimie-Marie Degge, uma mulher britânica que estava em Mati durante os incêndios desta semana, fez uma chamada desesperada à família quando fugia das chamas. Por telefone, pediu ao pai para tomar conta das filhas. A mulher conseguiu sobreviver às chamas.

A mulher de 30 anos, que estava de férias em Mati com a mãe, ligou ao pai que ficou com as duas filhas em Londres enquanto fugia das chamas que mataram mais de 80 pessoas na Grécia.

"Só queria falar com ele para lhe pedir para não deixar as meninas esquecerem-se de mim", disse a mulher ao "Daily Mail". "Pedi-lhe para que as ensinasse a amarem-se uma à outra como eu as amo", explicou.

A mulher acabou por sair em segurança apoiada por um barco que a salvou. A casa da mãe também escapou ao horror das chamas, sendo a única da rua que não foi afetada.

Ao jornal britânico, a mulher disse que se apercebeu de que corria risco de vida quando as cinzas começaram a cair na zona. "O meu tio pegou na bicicleta para ver onde estava o fogo. Quando regressou a casa vinha a gritar para fugirmos rapidamente".

Jaimie-Marie Degge, juntamente com a mãe, correram em direção ao mar. "Só ouvíamos gritos e os helicópteros a passar por cima. As pessoas seguravam os bebés e os cães em cima da cabeça", revelou. Mãe e filha conseguiram sair da água oito horas depois, resgatadas por um barco.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG