Mundo

NATO pede desculpa pela morte de civis

NATO pede desculpa pela morte de civis

O general norte-americano David Petraeus, comandante das tropas da NATO no Afeganistão, declarou-se "profundamente desolado" com a morte acidental de nove civis afegãos num ataque na província de Kunar.

O general disse que aquelas mortes nunca deveriam ter ocorrido e que vai pedir pessoalmente desculpas ao Presidente afegão, Hamid Karzai.

A declaração do general seguiu-se à divulgação de um comunicado da ISAF, segundo o qual as primeiras conclusões apontam para que as forças da NATO tenham morto acidentalmente nove civis no distrito de Pech, naquela província. Segundo as autoridades locais, os mortos foram nove rapazes, de 12 anos e menos, que apanhavam lenha.

O comunicado indica que terá havido uma comunicação errada da localização de rebeldes que terão atacado uma base das forças da NATO.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG