Egito

Navio encalhado no Canal de Suez começou a flutuar

Navio encalhado no Canal de Suez começou a flutuar

A Autoridade do Canal de Suez confirmou esta segunda-feira que o porta-contentores Ever Given começou a flutuar depois de ter estado totalmente encalhado desde a passada terça-feira bloqueando o tráfego naval.

O Canal de Suez, no Egito, é uma das rotas intercontinental mais usadas por navios de grande porte.

O chefe da Autoridade do Canal de Suez, Osama Rabie, disse através da página oficial no Facebook que "a flutuação do navio Ever Given começou a verificar-se depois de manobras de arrasto efetuadas por reboques".

Osama Rabie acrescentou que após a última tentativa durante a madrugada - em que participaram dez rebocadores - foi possível modificar a orientação do navio porta-contentores "em 80% e afastá-lo da margem do canal 102 metros".

Anteriormente só tinha sido possível afastar a embarcação de grande porte quatro metros da margem onde estava encalhada.

De acordo com um comunicado da autoridade que gere o navio "as manobras vão recomeçar quando o nível das águas subir mais dois metros, o ponto mais elevado, por volta das 11.30 horas (9.30 horas em Portugal continental).

PUB

Nessa altura vai ser possível alterar completamente a orientação do navio Ever Given colocando-o em paralelo com a margem, ao lado do ponto onde ficou encalhado depois de ter sido afastado devido a rajadas de vento muito forte, durante uma tempestade de areia.

O porta-contentores de 400 metros de comprimento e com capacidade para 224 mil toneladas de carga tem pavilhão do Panamá e é propriedade da empresa Evergreen, de Taiwan.

A situação provocou um congestionamento da via marítima por onde passa cerca de 10% do comércio mundial.

De acordo com a empresa Leth Agencies, especializada em serviços logísticos, 367 embarcações esperam neste momento a passagem pelo canal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG