Mundo

Negociadores palestinianos prontos para tentarem "acordo final" com Israel

Negociadores palestinianos prontos para tentarem "acordo final" com Israel

Os negociadores palestinianos indicaram, esta sexta-feira, à mediação egípcia no Cairo que estão "prontos" a tentarem chegar a um "acordo final" com Israel para acabar com a guerra que devasta há um mês a faixa de Gaza.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros egípcio assegurou num comunicado que as duas partes "chegaram a acordo sobre a maioria dos pontos que são importantes para o povo palestiniano", mas "ainda existem alguns temas de indecisão" que impediram o prolongamento do cessar-fogo.

A trégua de 72 horas conseguida na terça-feira pelo Egito não foi prolongada esta sexta-feira de manhã, com israelitas e palestinianos a rejeitarem culpas pelo sucedido.

Dezenas de "rockets" foram disparados de Gaza e Israel ripostou bombardeando, segundo Telavive, alvos "terroristas", matando uma criança de 10 anos.

Em território israelita, dois homens morreram, um deles militar, num ataque com "rockets" em Sdot Hanegev, localidade próxima da Faixa de Gaza, segundo a Cruz Vermelha israelita.

"Continuamos aqui para chegar a um acordo final com o objetivo de restabelecer os direitos do nosso povo", declarou à imprensa Azzam el-Ahmed, o chefe da delegação dos negociadores palestinianos no Cairo.

O Estado hebreu, por seu turno, retirou a sua equipa de negociadores no Cairo e declarou esta sexta-feira de manhã que "Israel não negociará sob fogo".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG