Ambiente

Nesta maratona quem atirar lixo para o chão é desclassificado

Nesta maratona quem atirar lixo para o chão é desclassificado

Um das provas de atletismo mais conhecida no País de Gales, que se realizou no domingo, teve uma novidade. Os participantes que atirassem lixo para o chão podiam ser desclassificados.

Os organizadores da meia maratona de Conwy justificam a medida como uma forma de reduzir os resíduos de plástico que habitualmente ficam no final das provas.

No site oficial da corrida, era explicado que os atletas deveriam deixar o lixo nos pontos usados para a hidratação ou entregar a um dos voluntários.

Quem fosse apanhado a deitar lixo para o chão era automaticamente desclassificado. A prova contou com três mil participantes e até ao momento ainda não é conhecido se algum dos atletas foi desclassificado por não ter cumprido estas regras.

Tendência para reduzir plástico

A medida tomada pela organização é reflexo de uma tendência cada vez mais comum nas principais provas de atletismo um pouco por toda a Europa.

Em abril de 2019, a organização da maratona de Londres teve que tomar medidas para reduzir o plástico deixado pelos atletas no final da prova. É que na corrida de 2018 foram deixados 47 mil garrafas de plástico na rua.

Para reverter o processo, foram usados copos compostáveis em vez de garrafas de plástico nos pontos de paragem para os atletas beberem. E as garrafas entregues aos corredores durante a prova eram feitas de plástico reciclável.