Justiça

Nicolás Maduro saúda "libertação do irmão Lula"

Nicolás Maduro saúda "libertação do irmão Lula"

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, saudou a "libertação do irmão Lula", o ex-chefe de Estado brasileiro que hoje foi libertado da prisão por ordem judicial, para aguardar o recurso da sentença fora da cadeia.

"O povo venezuelano está feliz e saúda a libertação do irmão Lula", disse o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, na televisão, logo após a libertação de Luiz Inácio da Silva.

"Viva o Brasil! Viva Lula! Viva a união de nossa América", acrescentou Maduro, cujo antecessor, Hugo Chávez (1999-2013), foi um grande aliado do antigo Presidente brasileiro.

Lula da Silva saiu hoje em liberdade, cerca das 17.40 horas locais (20:40 em Lisboa), após o Supremo Tribunal Federal brasileiro ter decidido anular prisões em segunda instância, como era o caso do antigo chefe de Estado, preso desde abril de 2018.

A decisão de libertar Lula da Silva foi tomada hoje pelo juiz Danilo Pereira, da 12.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, que aceitou o pedido da defesa do antigo Presidente do Brasil e autorizou a sua saída da sede da Polícia Federal de Curitiba, onde esteve preso durante um ano e sete meses.

Outros Artigos Recomendados