O Jogo ao Vivo

Mundo

Número de mortos do sismo em Itália ultrapassa os 200

Número de mortos do sismo em Itália ultrapassa os 200

A terra voltou a tremer esta noite nas cidades italianas de L'Aquila, Barreto y Scoppitto. O primeiro sismo teve a magnitude de 3,8 graus na escala de Richter e o segundo 4,8 graus. O balanço provisório do sismo de segunda-feira aponta 207 mortos, 15 desaparecidos e 178 feridos, 100 dos quais em estado grave.

As últimas horas têm sido marcadas por intensas operações de resgate. Numa dessas acções de salvamento, uma estudante de 24 anos, encurralada durante 23 horas sob os escombros provocados pelo sismo que abalou a região de Abruzzo, Itália, foi retirada com vida de madrugada.

Marta Valente, uma estudante de Terano, cidade de Abruzzo, que se encontra de boa saúde, estava presa sob os escombros de um edifício de quatro andares.

"Foi um salvamento muito, muito delicado. Havia vigas que constituíam perigo e ela tinha as pernas presas", relatou Aldo, espeologista que salvou a jovem.

De acordo com esta fonte, há outras pessoas sob os escombros do mesmo edifício, do centro de L'Aquila.

De acordo com a agência ANSA, o número de desalojados "pode atingir os 70 mil".

Após algumas horas do violento sismo, já foram registadas cerca de 200 réplicas de fraca intensidade, indicou o presidente da comissão sobre riscos naturais, Franco Barberi.

PUB

"É pouco provável que ainda se verifiquem tremores de terra de grande intensidade, mas não se pode excluir essa situação", disse Barberi, admitindo, no entanto, a probabilidade de novas réplicas de baixa intensidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG