Terramoto

Número de mortos no sismo do Haiti sobe para 304

Número de mortos no sismo do Haiti sobe para 304

Pelo menos 304 pessoas morreram devido a um violento terramoto que atingiu o Haiti no sábado, disse a agência de proteção civil do país num novo balanço.

"Registámos 160 mortes no Sul, 42 em Nippes, 100 em Grand'Anse e duas no Noroeste", disse o chefe da proteção civil Jerry Chandler, numa conferência de imprensa.

Este é o último balanço das fatalidades provocadas por um sismo de magnitude 7,2 que atingiu a costa Oeste do Haiti, este sábado, e originou um alerta de tsunami para aquela região das Caraíbas.

O terramoto, registado às 8.29 horas locais (13.29 em Portugal continental), teve o epicentro a cerca de oito quilómetros da cidade de Petit Trou de Nippes, a cerca de 160 quilómetros de Porto Príncipe, a 10 quilómetros de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla original).

O sismo foi sentido também na República Dominicana, que divide com o Haiti a ilha caribenha de Hispaniola.

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, já classificou a situação no terreno como "dramática", numa referência às vítimas mortais e aos danos materiais provocados pelo sismo no país, o mais pobre do continente americano.

O Haiti, um dos países mais pobres do Mundo, está ainda a recuperar de um sismo de magnitude 7 na escala de Richter, que vai de 2,0 a 10, que ocorreu há 11 anos perto da capital haitiana e que matou milhares de pessoas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG