Exclusivo

O ano horribilis do Facebook com lucro de nove mil milhões

O ano horribilis do Facebook com lucro de nove mil milhões

Facebook atravessa escândalos, é eleita pior empresa do ano e a sua entrada no metaverso alarma especialistas. Vai criar 10 mil novos empregos europeus.

Quando não se gosta da conversa, muda-se o assunto: é o que está a fazer o Facebook, acusa Frances Haugen, ex-gestor de produto tornada denunciante da rede social. Este foi o seu ano horribilis, diz.

O escândalo deflagrou em outubro, as réplicas perduram: Haugen divulgou estudos internos que provam o rompante ímpeto capitalista da empresa, onde o lucro é supremacista sobre toda a escala de valores. Pior: a rede social criada em 2004, e desde sempre soberana, com 2,8 mil milhões de utilizadores, sabe que os seus sistemas amplificam extremismo e ódio, falham em proteger jovens de conteúdos nocivos que causam adição e propiciam doenças mentais, mas descumpre na resolução dos problemas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG