Ciência

O eixo de rotação da Terra está a mudar e a culpa é do aquecimento global

O eixo de rotação da Terra está a mudar e a culpa é do aquecimento global

Especialistas da NASA descobriram uma alteração do eixo de rotação do nosso Planeta. A culpa desta mudança parece estar no aquecimento global, que contribui para o degelo dos polos.

O degelo que se verifica nos dois polos da Terra está a provocar uma sobrecarga lateral no planeta, o que faz com que a rotação sobre o seu próprio eixo seja menos estável. A conclusão foi publicada na revista científica "Earth and Planetary Science Letters", num artigo levado a cabo por cientistas da NASA, que trabalham em Pasadena, nos EUA.

O aquecimento global terá contribuído para que a Gronelândia, entre o ano 1900 e o ano 2000, tenha perdido uma massa equivalente a 7,5 mil milhões de toneladas de gelo que foi parar ao oceano, afetando, assim, a estabilidade de rotação da Terra.

PUB

"Qualquer massa que esteja a 45 graus em relação ao Polo Norte, como a Gronelândia, ou em relação ao Polo Sul, como é o caso da Patagónia, quando se desloca, tem um maior impacto na alteração do eixo sobre o qual a Terra se desloca", pode ler-se no estudo.

Este deslocamento de massas é apenas um de três fatores que, de acordo com os cientistas, terá contribuído para uma maior instabilidade do eixo de rotação terrestre.

Outro dos elementos é o aparecimento de rochas, onde anteriormente havia gelo, e que já não estão sob pressão desse mesmo peso. O último elemento a contribuir para este fenómeno é a chamada convecção do manto, que é responsável pelo movimento das placas tectónicas na superfície da Terra. O aumento da temperatura no núcleo do planeta faz com que o padrão de circulação no manto esteja a mudar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG