EUA

O desabafo de Ocasio-Cortez: "Sou sobrevivente de agressões sexuais"

O desabafo de Ocasio-Cortez: "Sou sobrevivente de agressões sexuais"

Acusando certos republicanos de usarem "táticas de abusadores" ao desvalorizarem o motim do mês passado no Capitólio, a democrata Alexandria Ocasio-Cortez partilhou ter sido vítima de agressões sexuais no passado.

A revelação foi feita num vídeo transmitido em direto no Instagram, na segunda-feira à noite, em que Ocasio-Cortez falava sobre a invasão ao Capitólio, no dia 6 de janeiro, e de como o episódio foi traumático para muitos dos presentes. Num testemunho emotivo em que admitiu ter temido pela vida, a congressista norte-americana de 31 anos, uma das progressistas em ascensão no seio do Partido Democrata, recordou o momento em que se escondeu na casa de banho do gabinete, enquanto alguém batia nas paredes e um homem gritava por ela: "Nunca estive tão quieta na minha vida."

"Achei que ia morrer, tinha todo o tipo de pensamentos. (...) Pensei que se calhar aquele era o plano para mim", desabafou, emocionada, indignando-se com as várias figuras republicanas que desvalorizaram o sucedido. "Esses tipos dizem-nos para seguirmos em frente, que isto não é assim tão importante, que devemos esquecer o que aconteceu. Essas táticas são as mesmas utilizadas por abusadores", comparou. E, contidas as lágrimas, eis a revelação: "Sou sobrevivente de agressões sexuais. Não disse isto a muita gente". O motim no Capitólio, que teria os congressistas democratas como alvos, trouxe à memória da socialista as sequelas desses momentos: "Quando passamos por traumas, os traumas emaranham-se uns nos outros".

"E então, quando vejo isso a acontecer, como me sinto é: outra vez não, não vou deixar que isso aconteça de novo, não vou deixar que aconteça comigo de novo. Não vou deixar que isso aconteça com as outras pessoas que foram vitimadas por esta situação novamente. Não vou deixar isso acontecer com o nosso país. Não vamos deixar isso acontecer", assegurou a democrata, que representa o 14º distrito da cidade de Nova Iorque e que também costuma ser alvo de conservadores.

Alexandria Ocasio-Cortez disse ainda estar preparada para eventuais críticas pelo facto de ter feito a partilha em causa, uma vez que não está diretamente ligada à invasão do Capitólio. "Mas como disse, todos os nossos traumas podem interagir e cruzar-se".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG