O Jogo ao Vivo

EUA

O incrível voo de um drone num salão de bowling que se tornou viral

O incrível voo de um drone num salão de bowling que se tornou viral

Jay Christensen e Anthony Jaska são os responsáveis pelo vídeo, gravado numa única cena com um drone, que está a encantar milhares de internautas. O registo recria uma noite no teatro e salão de bowling Bryant Lake, em Minneapolis, nos Estados Unidos. Além da proeza visual, o vídeo de pouco mais de um minuto pretende chamar a atenção para os negócios locais prejudicados pela pandemia.

A tradição de uma noite passada num salão de bowling ("bowling alley" em inglês) é muito norte-americana. Contudo, o vídeo intitulado "Right Up Our Alley" faz recordar a todos, um pouco por todo o Mundo, as saudades que temos de fazer o que mais gostamos. Como jogar bowling com um grupo de amigos.

A pensar nesses momentos e nas dificuldades que os negócios locais enfrentam nos EUA, Jay Christensen e Anthony Jaska filmaram, numa única cena, uma noite no "Bryant Lake Bowl and Theater", que junta num bairro de Minneapolis a área da restauração, o teatro local e uma pista de bowling.

O vídeo de um minuto e 27 segundos tornou-se viral na Internet e só foi possível graças a um drone "FPV muito pequeno" que viajou a 24 quilómetros por hora dentro daquele espaço. Por entre pessoas e pinos de bowling. Christensen guiou o drone e Jaska orientou toda a operação. Mas não foi fácil: foram precisas "10 a 12" tentativas, informou a produtora.

O registo parte do exterior do edifício, quando segundos depois, um homem abre a porta e a viagem cinematográfica começa. É possível ver pessoas a jogar bowling, ouvem-se conversas, brindes entre amigos, um grupo a descontrair na sala de teatro e até se percorre a máquina que coloca os pinos na pista. O som do vídeo foi registado após a gravação da imagem.

Para os dois criadores do projeto, que afirmam que o fizeram de graça, o mais desafiante foi coordenar todas aquelas pessoas dentro do mesmo espaço. "Havia tantas variáveis que precisavam de estar alinhadas ao mesmo tempo para que a cena resultasse. Numa única cena, o papel de toda a gente é crítico", disseram ao jornal "Daily Mail". Foi necessário fazer várias tentativas.

PUB

O "Right Up Our Alley" ficou pronto numa semana. Agora, os autores só esperam que a exposição cumpra um objetivo. "Apoiar os negócios locais, especialmente quando eles reabrirem", conclui Anthony Jaska.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG