Vídeo

O momento em que o filho de uma jornalista da NBC interrompe o direto da mãe

O momento em que o filho de uma jornalista da NBC interrompe o direto da mãe

Não é inédito mas voltou a acontecer. A correspondente da NBC no Pentágono, Courtney Kube, estava a comentar o ataque da Turquia no norte da Síria, na quarta-feira, quando o seu filho entrou na imagem em direto.

Primeiro tenta manter o discurso e ignorar a presença do filho, que entrou no estúdio sorridente, de camisola amarela e foi parar mesmo ali ao seu lado. Mas ele insiste na atenção da mãe, tocando-lhe e chamando "Mamã". Ela afasta-o de sorriso nervoso. É então que a realização mete na imagem um mapa da Síria, uma vez que a correspondente da NBC no Pentágono, Courtney Kube, comentava a intervenção militar da Turquia no norte daquele país.

"Desculpem-me. O meu filho está aqui em direto", afirmou Courtney Kube antes de terminar o seu comentário. O vídeo tornou-se viral na internet.

Mais tarde, a jornalista explicou que "notícias de última hora na Síria não coincidem com o horário de saída do pré-escolar" e, por isso, ela teve de levar os dois filhos gémeos para a redação.

A MSNBC partilhou o momento no Twitter com a legenda: "Às vezes notícias de última hora acontecem quando estás a dar notícias de última hora".

Não é a primeira vez que acontece. Em março de 2017, a BBC realizava uma entrevista em direto com um professor de Ciência Política sobre a Coreia do Sul, quando os dois filhos do convidado irromperam pelo quarto.

Em julho de 2018, Jerzy Targalski, historiador polaco, estava a ser entrevistado em direto para um canal de televisão holandês quando foi interrompido pelo seu gato, que decidiu subir para os seus ombros.