EUA

Obama apela aos americanos para que "não sucumbam ao medo"

Obama apela aos americanos para que "não sucumbam ao medo"

O presidente dos Estados Unidos apelou aos norte-americanos para que "não sucumbam ao medo" na sequência dos ataques à bomba no fim de semana em Nova Iorque e Nova Jérsia, prometendo "fazer justiça".

Os responsáveis pelos ataques "tentam matar inocentes, mas eles tentam suscitar o medo (...) e mudar a maneira como vivemos para minar os nossos valores", declarou Barack Obama em Nova Iorque, onde se encontra para participar na Assembleia-Geral das Nações Unidas.

"Por isso, mesmo que devamos estar vigilantes e agressivos - para impedir estes atos violentos sem razão e também para garantir que encontramos os responsáveis e os trazemos à justiça - todos temos um papel a desempenhar enquanto cidadãos, que é o de nos certificarmos que não sucumbimos ao medo", realçou o presidente norte-americano.

Obama salientou que não há "de momento, qualquer ligação" entre os atentados à bomba em Nova Iorque e Nova Jérsia - cujo suspeito, um cidadão norte-americano naturalizado de origem afegã, foi detido - e o ataque com arma branca no sábado no estado de Minnesota (norte), que resultou na morte do autor e foi reivindicado pelo grupo jiadista Estado Islâmico.

"De momento, não vemos qualquer ligação entre este incidente e o que aconteceu aqui em Nova Iorque e Nova Jérsia", disse o presidente norte-americano.

"Os jiadistas continuam a perder terreno no Iraque e na Síria", reafirmou o presidente, recordando que esta segunda-feira vai encontrar-se com o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, à margem da Assembleia-Geral da ONU, para discutir formas de "apoiar este impulso".

PUB

Outras Notícias